Marginais têm reforço policial a partir desta segunda-feira

Nova estratégia de segurança foi antecipada após tentativa de assalto a jornalista

Solange Spigliatti, estadão.com.br

18 Julho 2011 | 14h31

SÃO PAULO - Começou por volta das 6h desta segunda-feira, 18, a nova estratégia de segurança da Polícia Militar nas Marginais do Tietê e do Pinheiros. A medida foi antecipada após uma tentativa de assalto na Marginal do Pinheiros, na semana passada, contra a jornalista Joanna de Assis, de 29 anos.

 

A corporação passará a manter viaturas em 54 pontos das vias expressas por tempo indeterminado. O Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran) também atuará nas marginais, ajudando os 12 batalhões da PM responsáveis pelas duas vias. Outra medida prevista é o reforço de patrulhamento com motos: mais 28 percorrerão as duas vias expressas.

 

A Marginal do Pinheiros, onde motoristas têm sido vítimas de arrastões e de ladrões que recorreram a pedras para obrigá-los a parar, terá viaturas por 24 horas em quatro pontos. Em outros 13 trechos, os policiais permanecerão por 12 horas.

 

Na Tietê, a rotatividade dos policiais será maior. Ao longo do dia, eles se revezarão em 37 pontos. Cada viatura ficará em um deles por até 12 horas. As informações são do jornal.

 

A divulgação oficial da nova estratégia será feita na próxima quarta-feira, 20, no Palácio dos Bandeirantes. O reforço será por tempo indeterminado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.