Marginais do Tietê e do Pinheiros passam a ser monitoradas por câmeras

Segundo a Secretaria de Segurança do Estado, 41 equipamentos já foram instalados e até o fim do mês serão 82

O Estado de S. Paulo

13 de setembro de 2013 | 16h05

SÃO PAULO - Quarenta e uma câmeras de monitoramento estão em funcionamento nas marginais - 27 na do Tietê e 14 na do Pinheiros. Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado, a previsão é de que até o fim de setembro a instalação de um total de 82 câmeras nas duas vias seja concluída. Inicialmente, os equipamentos haviam sido prometidos para junho do ano passado.

As imagens captadas são acompanhadas 24 horas por policiais militares no Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), informou a secretaria. Cada policial é responsável pelo monitoramento de nove câmeras.

Com os equipamentos nas marginais, a capital paulista passa a ter 353 câmeras monitoradas pela Polícia Militar. O investimento total para a instalação do sistema de é de R$ 8,7 milhões, segundo o governo do Estado.

A secretaria espera, com o monitoramento, tornar mais ágil o trabalho dos policiais, “além de coibir a prática de crimes como roubos e furtos e monitorar possíveis fugas de criminosos pelas vias”.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.