Nirley Sena
Nirley Sena

Maré alta fecha o Porto de Santos e paralisa balsas para o Guarujá

Travessia entre as duas cidades do litoral sul foi interrompida por segurança; 29 navios aguardam na barra para atracar no cais

Luiz Alexandre Souza Ventura, Especial para o Estado

27 Abril 2016 | 12h20

SANTOS - A frente fria que chegou ao litoral de SP na madrugada desta quarta-feira, 27, reduziu as temperaturas em até 14ºC, trouxe chuva e ventos e elevou a maré. Ondas de mais de 3 metros são registradas desde o começo da manhã. O tempo deve permanecer frio e chuvoso até o fim da semana.

Por volta de 7h, a Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP) determinou o fechamento do Porto de Santos para navegação, interrompendo as manobras de entrada e saída de navios cargueiros, porque o mar estava muito agitado e os ventos chegavam a 40 km/h. Não há previsão de reabertura.

 

Segundo a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), uma avaliação da situação será feita às 16h30. Neste momento, 29 navios aguardam na barra para atracar no cais santista. A Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) paralisou a travessia de balsas entre Santos e Guarujá por segurança.

Em Santos, na Avenida Bartolomeu de Gusmão, região da Ponta da Praia, ressaca destruiu parte da mureta que separa a via do mar e a água invadiu a pista, que foi bloqueada em direção ao ferry boat, próximo à Avenida Cel. Joaquim Montenegro (Canal 6).

A Ponte Edgard Perdigão, usada para atracação de embarcações particulares na margem de Santos, foi atingida por fortes ondas e também precisou ser fechada. A Defesa Civil monitora o local.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.