Marcha pela Paz e pela Não-violência em SP será no domingo

Movimento chega ao Brasil após passar por mais de 130 mil quilômetros e 200 cidades pelo mundo

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

18 de dezembro de 2009 | 18h56

Será realizada na tarde do próximo domingo, 20,  em São Paulo, a Marcha Mundial pela Paz e pela Não-violência, que chega ao país após percorrer mais de 130 mil quilômetros e passar por mais de 200 cidades do mundo.

 

A Equipe Base Internacional da Marcha Mundial pela Paz e Não-violência se reunirá a partir das 14 horas, na Rua Barão de Itapetininga, região central de São Paulo, para marchar pelo Centro até o Vale do Anhangabaú, onde começará o show às 16 horas com a apresentação de vários artistas, como Max de Castro, Simoninha, Jair de Oliveira, Luciana Mello, Orquestra de Berimbaus entre outros.

 

Marcha

 

A Marcha Mundial pede que se acabe com as guerras e a violência. Ela teve início na Nova Zelândia no dia 2 de outubro deste ano, aniversário do nascimento de Gandhi e declarado pelas Nações Unidas como "Dia Internacional da Não-Violência".

 

Terminará na Cordilheira dos Andes, em Punta de Vacas, aos pés do Monte Aconcágua em 2 de janeiro de 2010. Durante esses 90 dias, passará por mais de 90 países e 100 cidades, nos cinco continentes e cobrirá uma distância de 160.000 km por terra.

 

Alguns trechos serão percorridos por mar e por ar e passará por todos os climas e estações, desde o verão tórrido de zonas tropicais e o deserto, até o inverno siberiano.

 

As etapas mais longas serão a americana e a asiática, ambas de quase um mês. Uma equipe base permanente de cem pessoas de distintas nacionalidades fará o percurso completo.

Tudo o que sabemos sobre:
marcha paznão-violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.