Marcha para Jesus reúne milhares na zona norte da capital

Organização espera até 5 milhões de evangélicos no evento; cidade tem 14 km de lentidão

Da Redação, com informações do JT

22 de maio de 2008 | 12h38

A 16ª Marcha para Jesus começou por volta das 10h da manhã desta quinta-feira, 22. Milhares de fiéis atravessaram  a avenida Tiradentes, na zona norte da capital, até a concentração na praça Campos de Bagatelle. A Fundação Renascer, que organiza o evento ao lado de outras igrejas evangélicas, espera reunir até 5 milhões de fiéis. Os evangélicos devem ocupar a Praça Campo de Bagatelle e parte da Avenida Santos Dumont, entre a Praça Heróis da FEB e a Rua Santa Eulália até às 20 horas. Eles assistem a shows de 20 trios elétricos e de 34 bandas gospel. O jogador Kaká, do Milan, que é evangélico, está no evento.A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) fez em toda a região uma série de interdições e desvios no trânsito. A CET mediu, às 14h43, um congestionamento de 14km, 53% dele concentrado na zona norte. Pelo menos 600 caravanas devem vir de outras cidades e países, de ônibus. Para esses veículos, a CET reservou áreas de estacionamento no Bom Retiro, Pari e Santa Ifigênia. A companhia vai mobilizar 140 agentes de trânsito e 30 viaturas para orientação. O Vale do Anhangabaú, no centro, também é palco de outra manifestação evangélica, o Show da Fé, promovido pela Igreja Internacional da Graça de Deus. As avenidas Rio Branco, do Estado, Ipiranga e ruas 25 de Março, Florêncio de Abreu e Consolação, entre outras vias, estão interditadas parcialmente para servir de estacionamento aos ônibus dos participantes.   Jogador Kaká (no centro) leva sua mulher, Caroline Celico, que está grávida, para participar da 16.ª Marcha para Jesus. Foto: Eduardo Anizelli/AE

Tudo o que sabemos sobre:
Marcha para Jesus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.