Marcha para Jesus/Divulgação
Marcha para Jesus/Divulgação

Marcha para Jesus ocorre em versão carreata solidária em São Paulo

Na tarde desta segunda-feira, 2, participantes do evento seguiram um trajeto do obelisco do Ibirapuera ao Anhembi, em um caminho marcado pela orações feitas a partir do interior dos veículos

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de novembro de 2020 | 18h58

A Marcha para Jesus, evento evangélico que costuma reunir milhares de pessoas na cidade de São Paulo, sofreu uma adaptação neste ano em razão da pandemia do novo coronavírus e foi adaptada para uma carreata solidária. Na tarde desta segunda-feira, 2, participantes do evento seguiram um trajeto do obelisco do Ibirapuera ao Anhembi, em um caminho marcado pela orações feitas a partir do interior dos veículos. 

“A Marcha para Jesus é uma jornada. Cada quilômetro que percorremos traz um grande impacto no mundo espiritual. É um ato de fé que abre caminhos!”, declarou em nota a bispa Fernanda Hernandes Rasmussen.

"Hoje, viemos declarar que o Senhor desta nação é Jesus e que, n´Ele, há vida, paz e esperança! Sem dúvidas, é maior carreata da história do nosso país. E tudo isso é para glorificar o nome de Cristo!”, afirmou em nota Estevam Hernandes, presidente do evento no Brasil. 

Acompanharam os veículos seis trios elétricos, que percorreram a Avenida 23 de Maio em direção ao pavilhão de exposições do Anhembi. Lá, estava previsto um show no estilo drive-in com nomes da música gospel, com vagas limitadas. O evento contou ainda com transmissão pelo rádio e pela internet. 

O posto de arrecadação de alimentos foi montado no estacionamento da Assembleia Legislativa, nas imediações do Parque do Ibirapuera. Os produtos deverão integrar as próximas ações sociais da Igreja Renascer em Cristo. A Marcha agrega os principais ministérios evangélicos do País, segundo a organização, e mais de 1500 igrejas foram cadastradas. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.