Thiago Teixeira/ AE.
Thiago Teixeira/ AE.

Marcha da Maconha transcorre pacificamente

Cerca de 2 mil pessoas participaram do ato, segundo estimativa da Polícia Militar

Bruno Ribeiro,

19 de maio de 2012 | 19h39

A Marcha da Maconha transcorreu pacificamente na tarde deste sábado na Avenida Paulista, região central de São Paulo. Os manifestantes partiram às 16h20 do vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), onde começou a concentração por volta das 13 horas, em direção ao centro. Apenas uma faixa da via ficou livre para o trânsito.

As cerca de 2 mil pessoas, segundo estimativa da Polícia Militar (PM), desceram a Rua Augusta, bloqueando os dois sentidos, e passaram pelas Rua Dona Antônia de Queirós e Consolação antes de chegarem à Praça da República, às 18h30, onde a manifestação se encerrou. A organização esperava um público de pelo menos 5 mil pessoas, o mesmo da marcha de 2011.

A PM acompanhou todo o trajeto com um efetivo de 250 homens. Segundo o capitão Genivaldo Antonio, do 7º Batalhão, a PM estava preparada para agir em caso de desacato e de flagrante do uso de maconha, mas não houve nenhuma ocorrência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.