Manutenção no Cantareira provoca corte d'água na capital e na Grande SP

Serviços ocorrem entre as 7h e 10h; normalização é prevista para até 24 horas após o término dos trabalhos

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

28 de setembro de 2011 | 03h45

SÃO PAULO - Oito municípios da Grande São Paulo e vários bairros da capital paulista sofrem, nesta quarta-feira, 28, corte na distribuição de água em razão de serviços de manutenção no Sistema Cantareira.

 

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) fará a limpeza e desobstrução na abertura de um túnel da Represa de Águas Claras, uma das seis que compõem o Sistema Cantareira. Os serviços ocorrem entre as 7 e 10 horas, e a normalização total do sistema está prevista para até 24 horas após a realização dos trabalhos. Muitos imóveis que utilizarem com moderação a água do reservatório residencial podem não ficar com as torneiras secas, segundo a Sabesp.

 

A manutenção deve atingir as cidades de Carapicuíba, Osasco, Barueri, Caieiras, Franco da Rocha, Francisco Morato, Guarulhos e São Caetano, além de 14 bairros paulistanos: Anhanguera, Pirituba, Lapa, Pinheiros (zona oeste), Freguesia do Ó, Casa Verde, Santana, Tremembé, Vila Maria (zona norte), Mooca, Penha, Vila Formosa, Vila Alpina (zona leste) e Sé (centro).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.