Manobrista de Valet atropela três e um morre no Itaim Bibi

Motorista se atrapalhou com os pedais do carro automático e perdeu o controle da direção

EFE

01 de agosto de 2009 | 06h59

Um funcionário do serviço de Valet morreu e outros dois ficaram feridos, por volta das 22 horas desta sexta-feira, 31, após serem atropelados por um colega de profissão na altura do nº 1.439 da Rua Tabapuã, no Itaim Bibi, zona sul de São Paulo.

 

Henrique Farias Felipe, 20 anos, é habilitado e estava ao volante de um Jeep Cherokee, que possui câmbio automático. Ao sair com o carro do cliente, que deixou o veículo em frente ao restaurante Galpão Bibi, Felipe acelerou, se atrapalhou com os pedais, perdeu o controle da direção e invadindo a calçada do outro lado.

 

Três manobristas de outro Valet, em frente ao bar London Station, foram atropelados. Valdeci Ricarte da Silva, de 39 anos, segundo os bombeiros, morreu no local. O óbito foi constatado médicos Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

 

Os outros dois manobristas são: Renato Cristiano da Silva, que fraturou a perna e está internado no Hospital das Clínicas; e Mário Ribeiro do Nascimento, que foi levado para o Hospital São Paulo, medicado e liberado. O caso foi encaminhado ao 15º Distrito Policial, do Itaim Bibi.

Tudo o que sabemos sobre:
VALETITAIMATROPELAMENTO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.