Manifestantes queimam ônibus em favela de SP

Aproximadamente 50 moradores da Favela Alba, na zona sul de São Paulo, protestaram ontem contra a remoção de 15 barracos que, segundo a Prefeitura, estavam em área de risco e precisavam ser retirados. O grupo colocou fogo nos bancos de um ônibus, jogou pedras e lançou rojões contra policiais militares, que revidaram com bombas de gás lacrimogêneo. Segundo a Polícia Militar, ninguém foi preso ou ficou ferido. Durante a ação, policiais apreenderam um quilo de maconha em um barraco localizado nas imediações.

, O Estado de S.Paulo

07 Julho 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.