Manifestantes protestam contra alta do ônibus em frente à casa de Kassab

Boneco do prefeito de São Paulo foi queimado; passagem foi reajustada para R$ 3 em janeiro

Estadão.com.br

10 Março 2011 | 19h38

 

SÃO PAULO - Manifestantes do Movimento Passe Livre (MPL) realizaram nesta quinta-feira, 10, mais um protesto contra o aumento da tarifa de ônibus na capital paulista. Desta vez, o ato visou a casa do prefeito Gilberto Kassab (DEM), na região dos Jardins, área nobre da cidade. Em frente ao condomínio, um boneco do prefeito foi queimado. A concentração começou às 17h, no Shopping Iguatemi. Em janeiro, a passagem de ônibus em São Paulo foi de R$ 2,70 para R$ 3.

Mais conteúdo sobre:
protesto alta do ônibus Kassab

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.