Manifestantes incendeiam ônibus na zona oeste de São Paulo

Segundo a Polícia Militar, o protesto foi motivado por uma tentativa de assalto fracassada

O Estado de S. Paulo

01 Maio 2013 | 18h01

Um ônibus incendiado na avenida Manuel Bandeira, na altura da Avenida das Nações Unidas, bloqueou totalmente a via no sentido Castelo Branco nesta quarta-feira, dia 1º. Segundo a Polícia Militar, o protesto foi motivado por uma tentativa de assalto fracassada. Um policial se defendeu de uma ação de ladrões no local, disparando contra dois supostos criminosos.

Posteriormente, eles foram detidos em uma favela próxima, o que teria motivado o protesto. O ônibus foi incendiado na Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo, numa manifestação que se iniciou às 16h22, segundo a CET. Ela não soube informar a linha, mas tratava-se de um coletivo da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU). A assessoria do Corpo de Bombeiros afirmou que não atendeu a nenhuma ocorrência no local.

Mais conteúdo sobre:
Protestoônibus queimado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.