Manifestantes fazem ato na Estrada do Campo Limpo

Grupo de cerca de 100 pessoas chegou a colocar fogo em pneus e bloquear via; segundo a PM, os manifestantes moram na região

O Estado de S. Paulo

09 de março de 2015 | 17h15

SÃO PAULO - Um grupo de 100 pessoas faz uma manifestação na Estrada do Campo Limpo, zona sul de São Paulo, na tarde desta segunda-feira, 9.

O protesto começou às 15h40 e os manifestantes chegaram a colocar fogo em pneus e bloquearam a via na altura do número 4.095, de acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego. Às 16h40, no entanto, as pistas já tinham sido liberadas. A Polícia Militar acompanha o ato, que era pacífico até esse horário.

A PM informou que os manifestantes são moradores da região, mas não soube dizer quais são as reivindicações do grupo.

No fim de semana, dez pessoas morreram e cinco ficaram feridas em menos de seis horas entre a noite de sexta-feira, 6, e a madrugada deste sábado, 7, na região do Jardim São Luís, na zona sul de São Paulo. Os crimes aconteceram em quatro endereços diferentes, mas próximos um dos outros.

Tudo o que sabemos sobre:
Campo LimpoSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.