Manifestantes bloqueiam Avenida Adolfo Pinheiro em SP

Protesto é contra obras de nova estação da Linha 5-Lilás, que desapropriará cerca de 140 imóveis

Solange Spigliatti, estadao.com.br

12 de maio de 2008 | 14h33

Cerca de 300 moradores da região de Santo Amaro, na zona sul de São Paulo, interditaram a Avenida Adolfo Pinheiro, por quase duas horas no fim da manha desta segunda-feira, 12. Segundo a polícia militar, o protesto era contra a desapropriação de imóveis da região da avenida e do Largo Treze para obras da estação do Metrô.   De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), eles bloquearam o sentido centro da via, na altura da Rua Isabel Schimidt, às 12 horas e causaram lentidão no local. A via foi liberada às 13h35, segundo a CET.   No dia 22 de abril, comerciantes da região também fizeram um protesto na avenida, contra as desapropriações para a expansão da Linha 5-lilás. Cerca de 140 imóveis serão desapropriados para a construção da Estação Adolfo Pinheiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.