Mais um PM é baleado na UPP da Nova Brasília

O soldado da Polícia Militar Vinícius Barbosa Ferreira, de 29 anos, foi baleado no braço na madrugada de ontem na Favela Nova Brasília, no Complexo do Alemão, zona norte do Rio. A comunidade é ocupada por uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). É o segundo caso de ataque a policiais da UPP Nova Brasília em menos de um mês: na noite de 23 de julho, a soldado Fabiana Aparecida de Souza, de 30, foi assassinada.

MARCELO GOMES / RIO, O Estado de S.Paulo

22 de agosto de 2012 | 03h07

Segundo a PM, na madrugada de ontem os policiais foram checar uma denúncia de que traficantes estariam na Travessa José Bonifácio quando viram um homem pulando um muro. O suspeito atirou na direção dos PMs, e atingiu Ferreira no braço. Ele foi submetido a uma cirurgia ortopédica, permanece hospitalizado, mas passa bem. No terreno da casa, foram apreendidos cerca de 300 papelotes de cocaína. O atirador escapou.

A morte de Fabiana ainda está sendo investigada. No dia 23, traficantes metralharam a fachada da sede da UPP. Um tiro de fuzil atravessou o colete da soltado e atingiu seu peito. No dia 24, a PM anunciou que o Batalhão de Operações Especiais (Bope) ocuparia a comunidade por tempo indeterminado, mas a tropa deixou o morro no dia seguinte, alegando que procuraria os assassinos em outras favelas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.