Mais um ônibus é queimado em SP e número de casos chega a 43 em 2014

Ataque foi no Capão Redondo, extremo sul, e foi feito por um grupo de dez pessoas, segundo a polícia

Bruno Ribeiro, O Estado de S. Paulo

13 Fevereiro 2014 | 12h32

SÃO PAULO - A capital paulista registrou o 43º ônibus queimado na cidade na noite de quarta-feira, 12, em uma rua do Capão Redondo, zona sul. Segundo a Polícia Militar, o ataque ocorreu às 23h05. Ninguém ficou ferido.

A polícia não divulgou prováveis causas do ataque. Segundo informações do boletim de ocorrência, o coletivo havia parado em um ponto na Rua João Robalo quando um grupo de dez rapazes, aparentando serem todos adultos, apareceu e ordenou que os passageiros descessem. Todos obedeceram. Depois disso, encharcaram o coletivo de líquido inflamável e atearam fogo.

A PM foi chamada, mas quando chegou já não havia mais ninguém para prender. Os bombeiros apagaram o incêndio, mas o coletivo já estava destruído.

A Polícia Civil não conseguiu encontrar outras testemunhas do ataque quando esteve no local.

O caso é investigado pelo 47º Distrito Policial (Capão Redondo).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.