Cloves Ferreira/WhatsApp/Reprodução/Estadão
Cloves Ferreira/WhatsApp/Reprodução/Estadão

Mais um ônibus é incendiado na Região Metropolitana de SP

Ataque na noite desta quarta aconteceu em Cotia; no dia anterior, criminosos destruíram coletivo na divisa da cidade com Itapevi

Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

30 Abril 2015 | 08h32

SÃO PAULO - Criminosos voltaram a incendiar um ônibus intermunicipal na cidade de Cotia, na Grande São Paulo, na noite desta quarta-feira, 29. Na noite anterior, outro coletivo havia sido atacado na divisa do município com a cidade vizinha de Itapevi. Ninguém ficou ferido e os bandidos conseguiram fugir.

O leitor do Estado Cloves Ferreira presenciou o ônibus em chamas e enviou vídeo e foto por WhatsApp para o número (11) 9-7069-8639.

Por volta das 23h, cerca de seis criminosos interceptaram o ônibus que passava pela Estrada da Água Espraia, no bairro de Caucaia, segundo informações da Guarda Civil Metropolitana (GCM) de Cotia. Eles ordenaram que todos descessem do veículo antes de atearem fogo e depois fugiram em um carro escuro. Ninguém ficou ferido.

Um morador da região ligou para a GCM para informar a ocorrência. Segundo guardas civis, ele estava muito nervoso e falava baixo, para não ser ouvido pelos bandidos. Aos guardas, afirmou ter ouvido barulho de tiros e que o cobrador do ônibus, da viação Danúbio Azul, estava escondido na sua casa.

O veículo ficou completamente destruído pelo fogo.

Recorrência. Na noite da terça-feira, 28, outro ônibus intermunicipal foi abordado por criminosos quando estava na Estrada da Roselândea, divisa entre Itapevi e Cotia. Os bandidos mandaram passageiros, motorista e cobrador descerem, para então espalhar gasolina pelo veículo e tocar fogo. Eles fugiram antes da chegada dos policiais.

----------------------------------------------------
Tem algum relato, denúncia ou reclamação? Envie para o WhatsApp do Estadão: (11) 9-7069-8639

Mais conteúdo sobre:
Violência São Paulo Cotia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.