Mais um líder do PCC é enviado para cadeia federal em Rondônia

Uma das principais lideranças do Primeiro Comando da Capital (PCC), Roberto Soriano, conhecido como Beto Tiriça, foi transferido ontem do Regime Disciplinar Diferenciado (RDD), em Presidente Bernardes, no interior paulista, para o Presídio Federal de Porto Velho, em Rondônia.

O Estado de S.Paulo

17 Novembro 2012 | 02h04

Tiriça embarcou às 16 horas e foi escoltado pelos homens das Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota). Ele é suspeito de ter ordenado em julho ataques a policiais militares, captados por meio de escutas.

A transferência de presos de cadeias estaduais para federais foi um dos pontos do acordo firmado entre o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e a presidente Dilma Rousseff (PT). A primeira transferência, de Francisco Antonio Cesário da Silva, o Piauí, ocorreu semana passada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.