Mais um corpo é encontrado na margem da Rodovia Fernão Dias

Ambos as vítimas, uma delas no último dia 4, foram abandonadas no quilômetro 80, no Jaçanã

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

12 de janeiro de 2012 | 06h48

SÃO PAULO - Mais um corpo de uma pessoa vítima de assassinato é encontrado em uma das margens da Rodovia Fernão Dias na região do Jaçanã, zona norte da capital paulista. Ambos os corpos, um encontrado no último dia 4, outro por volta das 18 horas desta quarta-feira, 11, estavam na altura do quilômetro 80.

 

No início da noite, policiais rodoviários foram acionados por testemunhas que viram um Fiat Fiorino branco, um Gol vermelho e um terceiro veículo, preto, não identificado, deixando o local em alta velocidade. No barranco, ao lado da rodovia, no mesmo ponto de onde os suspeitos fugiram, foi encontrado o corpo de um rapaz mulato, de aproximadamente 30 anos, com tiros na cabeça. A vítima, ainda não identificada, estava com mãos e pés amarrados e amordaçada.

 

No final da noite do último dia 4, um rapaz, de aproximadamente 25 anos, branco, com uma tatuagem de dragão no braço direito, trajando camisa e bermuda azuis e calçando tênis, foi encontrado morto, com sinais de enforcamento, no banco traseiro de um Celta, placas ASC 8662, de Londrina (PR), no acostamento de uma das pistas da mesma rodovia e também no quilômetro 80. Um guincheiro, ao passar pelo local, viu o carro parado e com o pisca-alerta ligado. Ao perceber que havia uma pessoa aparentemente morta no banco traseiro, a testemunha ligou para a Polícia Rodoviária Federal.

 

Ambos os casos foram registrados no 73º Distrito Policial, do Jaçanã, pelo delegado Paulo César Gonçalves, serão investigados pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.