Mais dois policiais são presos por pilhagens

A Polícia Federal confirmou que mais duas pessoas procuradas na Operação Guilhotina - que desarticulou quadrilhas comandadas por policiais civis e militares do Rio - se entregaram na manhã de ontem. A identidade dos dois não foi revelada, mas trata-se de mais um policial civil e outro PM. No total, o Ministério Público do Estado do Rio requereu a prisão preventiva 45 pessoas. Entre as acusações estão as de venda de armas apreendidas para o tráfico, formação de milícias em comunidades carentes e pilhagens em favelas.

, O Estado de S.Paulo

13 Fevereiro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.