Mais de meia tonelada de maconha é apreendida na Castelo Branco

Motorista do carro onde estava a droga tentou fugir, mas acabou preso pela Polícia Rodoviária, em Boituva; foram apreendidas armas e munições

Sandro Villar , Especial para O Estado de S. Paulo

26 Abril 2014 | 14h46

PRESIDENTE PRUDENTE - Mais de meia tonelada de maconha foi apreendida no fim da noite de sexta-feira (25) pela Polícia Rodoviária na Rodovia Castelo Branco (SP-280), em Boituva, no interior paulista. A droga pesou 565 quilos. Uma espingarda calibre 12, uma pistola israelense 9 mm e 84 munições também foram apreendidas com o motorista, preso em flagrante. Ele tentou fugir quando os vigilantes rodoviários deram ordem de parada na pista sentido capital, altura do km 111.

 O motorista, um rapaz que não teve o nome e a idade revelados, não obedeceu ao sinal para parar e saiu em disparada. Ele só parou depois de percorrer quatro quilômetros. "A procedência da droga ainda é desconhecida", explicou o soldado Correa, da Polícia Rodoviária de Boituva, acrescentando que o entorpecente seria distribuído em São Paulo. A maconha era transportada em 21 bolsas encontradas no porta-malas do carro, que tem placa de Taboão da Serra (SP). "Ainda não sabemos se o carro é roubado ou não", diz o patrulheiro, observando que as armas e as munições estavam no banco traseiro do automóvel.

 O acusado foi transferido na manhã deste sábado (26) para a sede da Polícia Federal, em Sorocaba, para onde também foram enviadas a droga, as armas e as munições, além do carro. Ele responderá por tráfico de drogas e porte ilegal de armas. A apreensão dos 565 quilos de maconha é uma das maiores registradas este ano na Rodovia Castelo Branco.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Castelo Branco Maconha

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.