Mais de 340 mil produtos são apreendidos no Centro de SP

De 45 lojas do Shopping Lotte, localizado no bairro da Liberdade, 40 estava irregulares

Solange Spigliatti, do Estadão.com.br,

27 de setembro de 2011 | 08h23

SÃO PAULO - Mais de 340 mil produtos ilegais foram apreendidos e uma minifábrica de reprodução de mídias foi localizada durante operação de combate à pirataria e contrabando realizada no Shopping Lotte, no bairro da Liberdade, no Centro de São Paulo, nos últimos dias.

Na primeira fase da operação, encerrada nesta segunda-feira, 26, foram vistoriadas 45 lojas, sendo que 40 estavam irregulares. Nos locais foram apreendidos 341 mil produtos ilegais, predominando CDs e DVDs falsificados, bijuterias, aparelhos eletrônicos, relógios, óculos e roupas.

Também foram localizadas no Shopping Lotte três máquinas com 33 baias de reprodução de CDs e DVDs (cada máquina é capaz de reproduzir 990 mídias falsificadas por hora); um servidor de gerenciamento e duas impressoras de alta definição, que possivelmente eram utilizadas para imprimir os encartes das mídias.

Das 45 lojas do Shopping Lotte, 33 não apresentaram nota fiscal, sete apresentaram notas parciais e cinco apresentaram notas de todos os produtos expostos, que estão sob análise da Receita Estadual e não tiveram apreensão até o momento, e as que comercializavam produtos importados serão analisadas pela Receita Federal.

O acesso ao Shopping Lotte será mantido sob controle pela Guarda Civil Metropolitana até que a Subprefeitura da Sé conclua a análise da documentação, que foi solicitada ao administrador do estabelecimento e aos lojistas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.