Mais de 3 mil policiais trabalham na segurança para o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1

Evento deve receber 80 mil pessoas entre até domingo, 27

Priscila Trindade, do estadão.com.br,

26 de novembro de 2011 | 11h00

São Paulo, 26 - O esquema de segurança para o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, no Autódromo de Interlagos, zona sul de São Paulo, tem a participação de 3,5 mil homens das polícias Civil e Militar. O evento deve receber 80 mil pessoas entre até domingo, 27.

São empenhadas 537 viaturas da Força Tática, Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), Policiamento Comunitário, de Trânsito e da Corregedoria, além de 222 motocicletas da Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam), além de uma equipe do Grupamento de Radiopatrulha Aérea.

Neste domingo, a PM usará duas aeronaves, uma delas com o 'Olho de Águia' para monitoramento da área. Também serão distribuídos em pontos estratégicos 60 homens do Regimento de Cavalaria.

A Polícia Civil montou três bases que funcionarm das 6h às 18h. A base 1 localizada no portão 7 setor B, onde um delegado permanecerá de plantão. No portão Z, fica um posto avançado e, no setor G, uma base móvel. Todas as bases, escrivães e investigadores estarão à disposição. A Delegacia de Atendimento ao Turista (Deatur) tem cinco viaturas para atender ocorrências em outros pontos dentro do autódromo.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.