Mais de 3 mil policiais trabalham na segurança para o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1

Evento deve receber 80 mil pessoas entre até domingo, 27

Priscila Trindade, do estadão.com.br,

26 Novembro 2011 | 11h00

São Paulo, 26 - O esquema de segurança para o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, no Autódromo de Interlagos, zona sul de São Paulo, tem a participação de 3,5 mil homens das polícias Civil e Militar. O evento deve receber 80 mil pessoas entre até domingo, 27.

São empenhadas 537 viaturas da Força Tática, Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), Policiamento Comunitário, de Trânsito e da Corregedoria, além de 222 motocicletas da Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam), além de uma equipe do Grupamento de Radiopatrulha Aérea.

Neste domingo, a PM usará duas aeronaves, uma delas com o 'Olho de Águia' para monitoramento da área. Também serão distribuídos em pontos estratégicos 60 homens do Regimento de Cavalaria.

A Polícia Civil montou três bases que funcionarm das 6h às 18h. A base 1 localizada no portão 7 setor B, onde um delegado permanecerá de plantão. No portão Z, fica um posto avançado e, no setor G, uma base móvel. Todas as bases, escrivães e investigadores estarão à disposição. A Delegacia de Atendimento ao Turista (Deatur) tem cinco viaturas para atender ocorrências em outros pontos dentro do autódromo.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.