Mais de 2 milhões de pessoas vão ficar sem água em SP na 4ª

Manutenção no sistema de abastecimento Rio Claro vai interromper abastecimento por cerca de 26 horas

Ítalo Reis, do estadao.com.br,

02 de setembro de 2008 | 13h51

Mais de 2 milhões de pessoas vão ficar sem água em parte da zona leste de São Paulo e da região metropolitana por cerca de 26 horas a partir do fim da noite desta terça-feira, 2. A suspensão no abastecimento será devido aos trabalhos de manutenção no sistema de abastecimento Rio Claro, na quarta-feira, 3, segundo a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).   Durante a manutenção, feita por 330 funcionários, parte dos municípios de Mogi da Cruzes, Ribeirão Pires, Mauá e Santo André, além dos bairros paulistanos de Sapopemba, São Matheus, Santa Etelvina e Cidade Tiradentes serão afetados.   O primeiro serviço no sistema está previsto para começar por volta das 7 horas, na quarta. Por isso, a partir das 17 horas desta terça, as válvulas de distribuição de água começam a ser fechadas. O último trabalho está previsto para ser iniciado às 19 horas de amanhã e tudo deverá ser finalizado por volta das 22 horas.   De acordo com informações da Sabesp, serão feitas inspeção de tubulações, serviços nas instalações elétricas e reparos em vazamentos do sistema, entre outras coisas. Grande parte dos trabalhos serão realizados no aqueduto que abastece a região. A estrutura foi construída na década de 20 e tem mais de 11 km de extensão. Segundo a Sabesp, passam pelo aqueduto 3,8 mil litros de água por segundo.   O abastecimento deverá voltar totalmente ao normal a partir da madrugada de quinta-feira, 4. Qualquer outra dúvida poderá ser tirada pela central de atendimento da Sabesp, através do número 195.   Atualizado às 15h47 para acréscimo de informações

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.