Mais cinco armas da PM são apreendidas com facção criminosa na capital paulista

Na segunda-feira, outras quatro pistolas haviam sido encontradas na zona leste com criminosos ligados ao PCC, segundo a polícia

Ricardo Valota, O Estado de S.Paulo,

05 de setembro de 2012 | 01h17

Atualizado às 3h55

SÃO PAULO - Mais cinco armas da Polícia Militar, possivelmente roubadas, foram apreendidas pela corporação em poder de bandidos da facção criminosa PCC. Policiais das Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota) fizeram a apreensão na região de Interlagos, na zona sul da capital paulista.

Segundo a PM, as armas seriam utilizadas em ataques a bases da corporação.

Um homem identificado como Marcelo, de 27 anos, foi abordado às 18h30 de terça-feira, 4, na Avenida João Paulo da Silva, via que dá acesso a duas favelas existentes atrás do autódromo. Ele carregava, em uma mochila, as cinco pistolas calibre ponto 40 da PM.

De acordo com os policiais, Marcelo os levou até um ponto de venda de drogas, onde foi preso Fábio da Silva, de 29 anos, conhecido na região como "Zé Bedeu". Ele seria um dos líderes do PCC na zona sul da cidade.

Na casa dele, foram encontrados uma réplica de fuzil M-16, armas, munições e drogas. A polícia também afirmou ter encontrado o estatuto da facção e anotações financeiras.

A dupla foi autuada em flagrante no Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc). A Polícia Civil vai investigar agora a participação dos dois bandidos em casos de assassinato de policiais militares ou roubos praticados contra membros da corporação.

Outros presos. Na noite de segunda-feira, 3, outros nove homens, todos suspeitos de pertencerem à mesma facção, já haviam sido detidos pela Polícia Militar. Com um deles, Evaldo Néri Santana, de 31 anos, os policiais apreenderam cinco pistolas, quatro delas da PM. O rapaz foi perseguido e detido ao tentar escapar de uma blitz no Jardim Popular, região da Penha, na zona leste da cidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.