Mais 5 ex-soldados ganham lugar no Obelisco

Os restos mortais dos ex-combatentes serão depositados hoje no Mausoléu do Soldado Constitucionalista, sob o Obelisco do Ibirapuera

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

09 Julho 2017 | 03h00

Os restos mortais de mais cinco ex-combatentes – José Custódio de Oliveira, Estanislau Gorniack, Jorge de Paula Souza, Augusto Aparecido Leite e Hermes Florentino dos Santos – serão depositados hoje no Mausoléu do Soldado Constitucionalista, no subsolo do Obelisco do Parque do Ibirapuera. Eles se juntam a outros 847 homenageados no memorial, inaugurado em 1954 com os corpos de Martins, Miragaia, Dráuzio e Camargo. O translado faz parte do memorial dos 85 anos. 

Os seis últimos sobreviventes do exército de 35 mil soldados que empunharam armas também serão lembrados em várias partes do Estado. “Eles estão muito velhinhos, todos aí na faixa dos 104 anos. Alguns sofrem dos males da velhice, como a surdez e o Alzheimer, mas devem ser admirados e cultuados, pois são heróis vivos”, diz o presidente da Sociedade Veteranos de 32 – MMDC, coronel reformado da PM Mário Fonseca Ventura.

Mais conteúdo sobre:
Revolução de 1932

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.