Mais 4 dizem ter caído no golpe das curandeiras; acusadas são liberadas

As duas mulheres acusadas de aplicar o golpe das falsas curandeiras na região do Campo Belo, na zona sul de São Paulo, foram postas em liberdade na tarde de ontem. Segundo policiais civis do 27.º Distrito Policial (Campo Belo), o advogado das suspeitas conseguiu alvará de soltura. O delegado titular Genésio Léo Junior explica que, depois da detenção da dupla, mais quatro pessoas procuraram os investigadores para dizer que também caíram no golpe. As mulheres, de 37 e 61 anos, foram presas em flagrante na segunda-feira, depois de causar um prejuízo financeiro de R$ 18 mil a um publicitário de 34 anos. O homem foi abordado por elas no trânsito da Avenida dos Bandeirantes.

O Estado de S.Paulo

21 Setembro 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.