Mais 20 km de faixas exclusivas abrem na 2ª

Dispositivo que beneficia transporte público será aberto em todas as regiões de São Paulo

Caio do Valle, O Estado de S. Paulo

20 de setembro de 2013 | 15h39

SÃO PAULO - A cidade de São Paulo ganhará mais 20,4 km de faixas exclusivas de ônibus na segunda-feira, 23, totalizando 190,2 km desse tipo de mecanismo já implantados nas vias paulistanas. Os dispositivos ficarão em vias de todas as regiões da capital.

No centro, o corredor norte-sul receberá 1,5 km de faixas só para os coletivos nas Avenidas Tiradentes e Cásper Líbero, na Rua Brigadeiro Tobias e no Túnel Anhangabaú, no sentido aeroporto.

A restrição, no caso da Avenida Tiradentes, será entre as Ruas São Caetano e Mauá, do lado esquerdo. Já na Cásper Líbero, o mecanismo vigorará entre as Ruas Washington Luís e a Praça Alfredo Issa, também à esquerda. O túnel, por sua vez, ganhará a faixa no lado direito da via. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a restrição para os demais veículos vai vigorar das 6h às 22h, de segunda a sexta-feira, e, aos sábados, das 6h às 14h.

Com funcionamento previsto também de 6h a 22h nos dias úteis, uma faixa de 300 metros passará a existir na Rua Bernardino de Campos (continuação da Avenida Paulista), na zona sul, entre as Ruas Tomás Carvalhal e Estela, no sentido Paraíso.

O bairro do Cambuci, na região central, terá ativados 1,9 km de faixas exclusivas nas Ruas Luís Gama, Silveira da Mota, Otto de Alencar e Barão de Iguape. Essa segregação vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 6h às 9h, no sentido centro.

Na Avenida Eliseu de Almeida, na zona sul, a CET irá interligar os trechos de faixas exclusivas que já existem na via, entre as Avenidas Deputado Jacob Salvador Zveibil e Ministro Laudo Ferreira de Camargo. Dessa forma, a exclusividade para os coletivos será ampliada em mais 1,8 km. Nas faixas à direita, apenas os ônibus poderão circular das 6h às 9h no sentido centro e das 17h às 20h na direção oposta. A restrição aos demais veículos valerá de segunda a sexta-feira. 

A região da Vila Madalena, na zona oeste, também receberá uma faixa exclusiva para ônibus. A Rua Heitor Penteado, por onde passam 10 linhas de ônibus, ganhará 1 km do dispositivo, entre a Rua João Moura e a Avenida Doutor Arnaldo. Ela vai vigorar de segunda a sexta-feira, entre 6h e 22h, no sentido Dr. Arnaldo.

Importante eixo do transporte coletivo da zona leste, a Avenida Celso Garcia, por onde rodam 240 ônibus por hora nos períodos de maior movimento, passará a contar na segunda-feira com 2,5 km de faixas exclusivas para os ônibus municipais. O mecanismo estará entre as Ruas Marcos Arruda e Coronel Rodovalho. A nova faixa à direita, no sentido bairro, operará de segunda a sexta-feira, das 17h às 20h.

Quato vias da Vila Matilde, na zona leste, terão 3,5 km de faixas exclusivas a partir de segunda-feira: Ruas Alvinópolis, Maria Carlota, Padres Olivetanos e Viaduto Carlos de Campos. Elas operarão das 6h às 9h no sentido centro e, no contrário, das 17h às 20h, de segunda a sexta-feira.

Itaquera ganhará mais 900 metros de faixa para ônibus na Rua Tomazzo Ferrara, entre a Avenida Itaquera e a Rua Doutor Luiz Ayres. Ela vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 6h às 9h, no sentido centro. Por ali, circulam 28 linhas de ônibus municipais, com demanda de 210 mil passageiros por dia útil.

Também na zona leste, a Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, na Vila Prudente, passará a ter faixas exclusivas para os ônibus. Os 4,1 km do mecanismo, que beneficiarão as 16 linhas de coletivos que atendem a via, ficarão entre as Ruas Francisco Fett e Itamumbuca. No sentido centro, a restrição vigorará das 6h às 9h. No rumo oposto, a proibição irá das 17h à 20h. Sempre de segunda a sexta-feira. Ao todo, cerca de 224 mil passageiros devem ser beneficiados por dia útil, informou a CET.

No vizinho bairro da Mooca, é a vez de a Rua dos Trilhos ganhar uma faixa exclusiva à direita para os ônibus. Ela ficará em um trecho de 1,2 km entre as Ruas Clark e Doutor Almeida Lima, na direção do bairro, com horário de funcionamento das 17h às 20h, de segunda a sexta-feira. Para a ativação do dispositvo, a CET mudou a regulamentação de estacionamento entre as Ruas Clark e Juvenal Parada.

Do outro lado da cidade, a Avenida Raimundo Pereira de Magalhães, na zona norte, vai disponibilizar aos passageiros de ônibus 1 km de faixa exclusiva a partir de segunda-feira. A medida valerá das 6h às 9h e das 17h às 20h em ambos os sentidos da via, de segunda a sexta-feira.. No sentido centro, a restrição existirá entre as Ruas Antonio Pais de Sade e Antonio Pinto e Silva. Na pista oposta, a proibição terá validade no trecho de 100 metros antes da Rua Antonio da Silva Guimarães e no percurso de 280 antes da Rua Agostinho de Angola. Em comum a ambos os sentidos, haverá faixa só para ônibus à direita entre a Rua Agarum e a Avenida Miguel de Castro.

Ainda na zona norte, 700 metros de faixa de ônibus começam a funcionar na segunda-feira nas Ruas Duarte de Azevedo e Jovita, na região de Santana. Os coletivos terão a prioridade reforçada nessas vias na janela das 17h às 20h, de segunda a sexta-feira, sentido bairro.

Multas. A Prefeitura planeja abrir ao menos mais 30 km de faixas, totalizando 220 km até o fim de 2013. O objetivo inicial era que os 150 km originais fossem abertos até o fim da gestão Fernando Haddad (PT), em 2016. Especialistas em transportes sustentam que as faixas exclusivas são uma opção paliativa para resolver o problema do deslocamento dos ônibus.

A CET não divulgou quando começa a aplicar multas para os motoristas que não respeitarem as faixas exclusivas dos ônibus nesses locais. A infração, considerada leve pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), custa R$ 53,20 e rende três pontos na carteira de habilitação. As multas, segundo a reportagem apurou, devem se iniciar até o fim de setembro.

 

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    faixas exclusivasFernando Haddad

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.