Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Maior avião do mundo deixa o Brasil nesta terça

Depois de passar por Viracopos, o cargueiro Antonov An-225 aterrizou na noite de segunda em Guarulhos, de onde deve decolar às 19h30

O Estado de S.Paulo

15 de novembro de 2016 | 17h46

SÃO PAULO - Com atraso de quase 12 horas, a maior aeronave do mundo, Antonov An-225 Mriya, deve deixar o Brasil na noite desta terça-feira, 15, segundo informações da concessionária GRU Airport, que administra o aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo.

A previsão é a de que o avião decole de Cumbica às 19h30 rumo a Santiago, no Chile, onde entregará um transformador de 155 toneladas. Inicialmente, a decolagem estava prevista para as 8 horas desta terça, mas a operação de carregamento do transformador foi mais complexa do que o esperado.

Antes de chegar a Guarulhos, a maior aeronave do mundo passou pelo aeroporto de Viracopos, em Campinas, na segunda-feira, 14. Como o terminal de passageiros não tem um terraço que permita acompanhar as operações de atracação das aeronaves, centenas de pessoas se posicionaram nas estradas que circundam a pista de quase 4 mil metros para observar o Antonov An-225. 

O pouso do Antonov não afetou a operação regular do aeroporto de Cumbica, mas exigiu cuidados especiais. “Tivemos de redesenhar o pátio, já que a operação de carregamento ocupa o espaço de sete aeronaves”, explica o comandante Miguel Dau, diretor de Operações da GRU Airport.

 

Mais conteúdo sobre:
SÃO PAULO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.