Maior avião do mundo decola com 15h de atraso

Aeronave russa leva transformador para o Chile

O Estado de S.Paulo

15 de novembro de 2016 | 23h33

SÃO PAULO - A maior aeronave do mundo, o Antonov An-225 Mriya, deixou o Brasil por volta das 23 horas desta terça(15), com 15 horas de atraso, rumo a Santiago, no Chile.

Segundo a concessionária GRU Airport, que administra o aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, a decolagem estava prevista para as 8 horas de ontem, mas atrasou porque a operação de carregamento do avião demorou mais do que o esperado. 

A aeronave leva para o Chile um transformador de 155 toneladas que será utilizado para fornecer energia a uma cidade chilena. O Antonov An-255 Mriya é capaz de transportar até 250 toneladas.

Antes de chegar a Guarulhos, na noite de anteontem, a maior aeronave do mundo passou pelo aeroporto de Viracopos, em Campinas, vinda de Houston, nos Estados Unidos. Como o terminal de passageiros de Viracopos não tem um terraço que permita acompanhar as operações de atracação das aeronaves, centenas de pessoas se posicionaram nas estradas que circundam a pista de quase 4 mil metros para observar o Antonov An-22. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.