Maestro viu obras e fez concerto para o papa

Catedral Metropolitana da Sé: A primeira versão foi instalada em 1591, mas a atual foi inaugurada em 1954

Paulo Saldaña, O Estado de S.Paulo

22 de outubro de 2010 | 00h00

Na década de 1950, o mineiro Sílvio Baccarelli conheceu a Catedral da Sé recém-inaugurada, mas ainda em obras. Em 2007, regeu ali a Sinfônica Heliópolis para o papa Bento XVI. "Ainda me emociono ao lembrar", diz o maestro, de 79 anos, que deu ao papa a partitura da obra que compôs. Baccarelli comanda desde 1996 o projeto em Heliópolis, na zona sul da cidade, que atende cerca de 2 mil jovens. Nestes quase 14 anos, a sinfônica fez outras apresentações no templo. "Sempre são meditações sobre passagens bíblicas, como a linda As Sete Palavras de Cristo na Cruz, de Charles Gounod."

Apesar do amor pela Sé, o maestro, que é especialista em música sacra, está meio afastado da catedral. "Eu frequento mais a São José do Ipiranga, que é meu cantinho escondido."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.