Divulgação
Divulgação

Mãe mata bebê de dois meses com cocaína no interior de São Paulo

Jovem de 21 anos confessou o crime e foi presa em flagrante na cidade de Cosmópolis; ao lado do corpo, havia pinos da droga

Rene Moreira, Especial para o Estado

06 de outubro de 2015 | 10h31

FRANCA - Uma mãe deu cocaína com uma colher para o filho de apenas dois meses em Cosmópolis, no interior de São Paulo, na noite desta segunda-feira, 5. A criança morreu e havia mais de 20 pinos da droga ao lado do corpo. Vizinhos tentaram linchar a mulher quando souberam do crime, mas foram contidos pela polícia.

A acusada, Nayara Fernando Bezerra, de 21 anos, culpou a depressão pós-parto para ter cometido o ato. Ela alegou que vinha enfrentando o problema e que, após envenenar o filho, também tomou uma dose de cocaína na tentativa de se matar.

O caso aconteceu no bairro Recanto das Laranjeiras, onde os policiais tiveram bastante trabalho para conter a revolta dos moradores. Foram os vizinhos que ligaram para a Guarda Municipal e Polícia Militar denunciando muito barulho e o sinal de que havia algo estranho na casa de Nayara.

Quando o socorro chegou ao local, a criança estava caída no chão do banheiro já sem vida. A mulher, aparentando estar completamente drogada, contou aos policiais que momentos antes havia dado uma colher com cocaína ao filho, de nome Vitor.

Primária. O delegado Marco Antonio Pozeti não descartou a possibilidade de que a mãe tenha surtado. Conhecidos contaram que a jovem é usuária de drogas, porém, tratava muito bem o filho. Ela é de Santa Bárbara d'Oeste, também no interior, e morava há poucos meses em Cosmópolis.

A suspeita tem outro filho, que reside com a avó materna. Ela não tinha passagens pela polícia e foi autuada por homicídio doloso (quando há intenção de matar).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.