Mãe e padrasto presos por morte de criança

A mãe e o padrasto de Nicolas Cauã Secco, de 2 anos, foram presos no domingo em Ribeirão Pires, Região Metropolitana de São Paulo, acusados de maus-tratos contra a criança. O menino tinha lesões nas costas, no estômago e na cabeça, além de vestígios de violência sexual. Segundo vizinhos, o menino era agredido pela mãe, Alessandra Pereira da Silva, de 22 anos, e pelo padrasto, Valdeney de Azevedo, de 41.

O Estado de S.Paulo

15 Novembro 2011 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.