Mãe e filho morrem ao cair de ambulância

Mãe e filho morreram instantaneamente ontem, por volta das 6 horas, quando caíram de uma ambulância em movimento na BR-277, na chegada à capital paranaense. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o veículo, que pertence a prefeitura de Jundiaí do Sul, a 350 quilômetros de Curitiba, tinha capacidade para seis pessoas, mas transportava nove. O motorista Agnaldo José de Paula, de 37 anos, que não percebeu o acidente, foi multado por transportar passageiros sem cinto de segurança.

Evandro Fadel, O Estado de S.Paulo

03 de julho de 2010 | 00h00

De acordo com passageiros, Marco Antonio Faria, de 24 anos, viajou sentado no chão e com as costas apoiadas na porta. Para eles, o rapaz teria aberto o trinco acidentalmente ao tentar se levantar. Sua mãe, Luzia Ricardo Faria, de 58, tentou segurá-lo, mas também caiu no asfalto.

Procurada, a prefeitura de Jundiaí do Sul não se manifestou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.