Mãe é acusada de esconder corpo do filho morto em terreno

Mulher afirma que entrou em desespero ao descobrir que o filho havia morrido e abandonou seu corpo

Elvis Pereira, do estadao.com.br,

20 de novembro de 2007 | 20h12

A polícia prendeu nesta terça-feira, 20, uma mãe acusada de esconder o corpo do filho dela, Nicolas Damião Silva Jesus, de quatro meses, num terreno baldio em Parelheiros, na zona sul da capital paulista. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), Ana Damião da Silva, de 21 anos, descobriu na manhã de segunda-feira, ao acordar, que o menino estava morto e, com medo, abandonou o corpo dele num terreno.   De acordo com a SSP, ao perceber que o filho, com sangramento no nariz, não respondia aos seus chamados, Ana tentou reanimá-lo. Sem sucesso, ela saiu de ônibus para levar o filho até um hospital, mas desistiu e decidiu deixá-lo dentro de uma mochila num terreno. Posteriormente, ela revelou para o companheiro dela o que havia acontecido. Os dois voltaram ao terreno, pegaram o corpo e procuraram um posto da Polícia Militar.   A morte de Nicolas foi confirmada no Pronto-Socorro do Balneário São José. Ana foi encaminhada ao 25.º Distrito Policial, de Parelheiros, e autuada por ocultação de cadáver. A polícia pretende investigar agora as circunstâncias em que a morte da criança aconteceu.

Tudo o que sabemos sobre:
MorteOcultação de cadáver

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.