Navesh Chitrakar(NEPAL)/Reuters
Navesh Chitrakar(NEPAL)/Reuters

Mãe descobre estupro de filha por padrasto em Jundiaí

Menina de 11 anos era abusada desde os 8; homem teve prisão preventiva decretada

Sara Abdo, O Estado de S.Paulo

22 Setembro 2017 | 03h16

SÃO PAULO - Um homem foi preso em Jundiaí, no interior de São Paulo, por abusar da enteada de 11 anos durante ao menos três anos. O caso começou a ser investigado ainda em 2016, após a própria mãe da pré-adolescente denunciar o então marido à Delegacia de Defesa da Mulher de Jundiaí. 

Segundo a delegada Maria Beatriz Cury de Carvalho, a filha acabou contando para a mãe que era abusada desde os 8 anos pelo padrasto, de 36, que morava com as duas. 

Um inquérito foi instaurado quando a mãe procurou a delegacia e, em agosto, foi decretada a prisão preventiva por estupro de vulnerável contra o homem. Ele deve ser ouvido em audiência nas próximas semanas.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo [cidade SP]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.