Mãe de Eliza Samudio diz ter recebido carta indicando onde está o corpo da filha

A mãe da modelo Eliza Samudio, Sônia de Fátima Moura, de 44 anos, afirma ter recebido uma carta com indicações de onde estariam os restos mortais da filha, que era amante do ex-goleiro Bruno Fernandes e está desaparecida desde junho de 2010. A carta indica um poço no bairro Planalto, na região da Pampulha, em Belo Horizonte, mas a informação não foi confirmada pela polícia, que ainda aguarda que a carta seja entregue aos investigadores.

O Estado de S.Paulo

22 de junho de 2012 | 03h03

O delegado Wagner Pinto disse que a informação será checada para verificar se serão feitas buscas no local indicado.

Eliza e Bruno tiveram um filho, hoje com 2 anos. A briga para que ele reconhecesse a paternidade teria sido o motivo para Bruno mandar matar Eliza.

Bruno está preso desde julho de 2010 aguardando julgamento pelas acusações de sequestro, cárcere privado e assassinato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.