Madrugada tem chacina com 4 mortos em Caraguatatuba

Em São Sebastião houve troca de tiros entre policiais e bandidos, mas ninguém ficou ferido

Reginaldo Pupo - Especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

21 Novembro 2015 | 12h45

Atualizada às 13h48

LITORAL NORTE – Ao menos quatro pessoas morreram e uma foi baleada na madrugada deste sábado, 21, durante uma chacina e um assalto entre às 2h e às 4h40 ocorridos em Caraguatatuba e Ilhabela, respectivamente. Em São Sebastião houve troca de tiros entre policiais e bandidos, mas ninguém se feriu.

 

O caso mais grave aconteceu em Caraguatatuba, na Avenida Marginal Esquerda, onde cinco homens foram baleados em um bar localizado nas proximidades do cemitério do bairro Getuba, na região norte da cidade. Todos foram alvejados na cabeça. Dois deles morreram no local e outros dois na Santa Casa de Caraguatatuba. A quinta vítima permanecia em estado gravíssimo no hospital. Uma criança foi poupada e encontrada por policias sem ferimentos. Ela estava em cima de uma mesa de bilhar.

 

Segundo uma testemunha que estava no bar e conseguiu fugir dos disparos, três homens, num carro preto, abriram fogo contra as vítimas e fugiram sentido Ubatuba. Os baleados e os corpos foram vistos por uma mulher que passava de carro no local e acionou a PM. Até o início da manhã de hoje (sábado, 21), ninguém havia sido preso.

 

Troca de tiros. Em São Sebastião, por volta das 2h15, uma viatura da Polícia Militar que fazia ronda no bairro de Boiçucanga, na Costa Sul, foi alvo de diversos disparos de arma de fogo, efetuados por três homens, que em seguida, correram para um matagal. Segundo moradores, houve uma intensa troca de tiros por diversas ruas do bairro, que durou quase uma hora.

 

Os PMs conseguiram prender dois dos atiradores. O terceiro bandido conseguiu escapar, mas antes, continuou trocando tiros com os policiais. Com os homens presos foram encontrados diversos objetos que podem ser produtos de roubo ou furto. Eles estavam próximos de uma pousada, nas adjacências da caixa d´água da Sabesp, quando avistaram a PM.

 

Assalto acaba em morte. Por volta das 4h40, o Samu de Ilhabela socorreu o turista Victor Oliveira Nunes, de São Paulo, após ter sido alvejado a tiros no peito, na Praia do Curral, na região sul. Ele estava com amigos em casa, quando o grupo foi assaltado por dois homens armados que teriam invadido a residência.

 

Por razões ainda desconhecidas, os bandidos atiraram contra a vítima e fugiram levantando pertences dos turistas. Até o início da manhã deste sábado, 21, ninguém havia sido preso.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.