Madrugada tem 60,7% de chuva esperada no mês e queda de árvores

O temporal derrubou 32 árvores e provocou extravasamento de córrego e inundação; capital chegou a entrar em estado de alerta

O Estado de S.Paulo

21 Maio 2016 | 13h46

SÃO PAULO - O temporal que atingiu São Paulo na madrugada deste sábado, 21, provocou transtornos. Houve queda de 32 árvores e todas as regiões entraram em estado de atenção. De acordo com a Prefeitura, o volume de chuva até as 7h foi de 60,7% do esperado para o mês inteiro e os ventos chegaram a atingir 58,7 km/h. 

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), a capital entrou em estado de atenção para alagamento por volta da meia-noite. O alerta durou uma hora e meia e o Córrego Ipiranga, na zona sul, registrou extravasamento na altura da Praça Leonor Kaupa.

Do início da madrugada até as 10h45, a Prefeitura também relatou 32 quedas de árvore em todas as regiões. Entre os bairros afetados estão Pinheiros, na zona oeste; Itaquera, na zona leste; Casa Verde, na norte; e Sé, no centro. 

No início da manhã, um muro desabou na Avenida Ministro Roberto Cardoso Alves, em Santo Amaro, na zona sul. Ainda houve inundação no bairro.

Mais conteúdo sobre:
SÃO PAULOItaqueraSanto Amaro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.