Madrugada gelada com temperatura de 3,8ºC no extremo sul da capital

Capital registrou a temperatura de 6ºC às 7 horas, a mais baixa desde 2003, segundo a medição oficial do Inmet, feita no Mirante de Santana

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

05 de agosto de 2011 | 04h38

SÃO PAULO - Mais uma noite gelada na capital paulista. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura, a madrugada desta sexta-feira, 5, foi de céu aberto, com ventos calmos e névoa úmida sobre alguns pontos da Grande São Paulo. A mínima prevista para o início da manhã é de 3ºC.

 

Às 4h15, o aeroporto de Congonhas registrava 8ºC; enquanto que, na estação meteorológica automática do CGE, em Parelheiros, no extremo sul da capital, o termômetro indicava 3,8ºC. Já à 1h30, a estação do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) apontava 7,8ºC, já na estação do CGE, em Pirituba, região noroeste da cidade, o frio era de 6ºC.

 

Ontem, quinta-feira, 4, a cidade registrou a temperatura mais baixa desde 2003: 6°C às 7h, segundo a medição oficial do Inmet, feita no Mirante de Santana. Às 2 horas, as rajadas de vento fizeram a sensação térmica atingir -4°C. Às 6h30, a temperatura chegou aos 3,8°C, conforme a medição do CGE.

Tudo o que sabemos sobre:
Frio, CGE, temperatura, termômetro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.