Madrugada foi a mais quente desde outubro de 2012 em SP

Temperatura mínima nesta terça-feira foi de 24,1ºC antes do amanhecer, segundo o Inmet

Caio do Valle, O Estado de S. Paulo

12 Novembro 2013 | 11h29

SÃO PAULO - A cidade de São Paulo registrou nesta terça-feira, 12, a madrugada mais quente do ano, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Na estação de medição do Mirante de Santana, na zona norte da capital paulista, foram registrados 24,1ºC de temperatura mínima, colocando a madrugada como a mais quente desde 31 de outubro de 2012, quando houve marcação de 24,9ºC.

Também foi a madrugada mais quente em um mês de novembro na cidade desde 1979, segundo o Inmet, que desconsidera, no entanto, dados de 1983, 1987 e de 1991 a 1997.

Neste período, a madrugada mais quente em um mês de novembro havia sido registrada nos dias 18 de novembro de 2006 e 28 de novembro de 2002. Em ambas as datas, a temperatura mínima antes do amanhecer havia sido de 23,3ºC.

Variação. Na segunda-feira, 11, São Paulo teve o dia mais quente do ano: 34,2ºC durante a tarde, conforme o Inmet. Com isso, a cidade passou do maior frio desde 1999 ao recorde de calor de 2013 em apenas cinco dias. A máxima anterior era de 34°C, marcada em 18 de fevereiro. Já na quarta-feira, 6, foi registrada a tarde mais fria de novembro desde 1999: os termômetros marcaram 16,4ºC.

Mais conteúdo sobre:
calor

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.