Madrugada de domingo teve três assassinatos em SP

Um travesti, um participante de baile funk e uma mulher que discutia com o marido foram mortos

02 Março 2014 | 15h19

Noite de carnaval teve três assassinatos na Região Metropolitana de São Paulo, de acordo com a Polícia Militar. Os crimes aconteceram na capital paulista, em Barueri e em Itapevi - e não têm, segundo a PM, nenhuma relação entre si.

Por volta das 3h da madrugada deste domingo, 2, policiais encontraram o corpo de um travesti esfaqueado no Brás, zona leste de São Paulo. Até a tarde de ontem, não havia mais informações sobre eventuais suspeitos do assassinato nem como o crime teria ocorrido. Nome e idade da vítima também não foram divulgados. O caso foi registrado no 8º Distrito Policial, no Brás.

Em Barueri, um homem não identificado foi baleado e morto por volta das 6h deste domingo. De acordo com a PM, o corpo foi encontrado sem documentos e com perfurações de balas. Também não há informações que levem a um suspeito do crime. Perto do local, ocorria um baile funk durante a madrugada - e, de acordo com apuração preliminar da polícia, o homem participava da festa.

Às 7h, uma mulher foi encontrada morta, a golpes de faca, dentro de sua própria casa, em Itapevi. A PM foi acionada por uma vizinha, que informou que a mulher foi morta pelo marido após uma briga do casal. O suspeito fugiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.