Maço de dinheiro no bolso salva comerciante durante assalto

Homem reagiu a assalto no interior de São Paulo e ladrões atiraram; um pacote de cédulas dobradas no bolso do comerciante amorteceu o impacto da bala

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

27 Junho 2015 | 14h32

SOROCABA – Um maço de dinheiro no bolso da camisa salvou a vida de um comerciante de 56 anos, morador de Araras, no interior de São Paulo. Vítima de assalto, na noite de sexta-feira, 26, ele reagiu à abordagem dos ladrões e foi baleado. O pacote de cédulas dobradas amorteceu o impacto da bala. O comerciante ficou ferido no lado esquerdo do tórax, e foi levado à Santa Casa local, mas já não corre risco de morrer.

A tentativa de assalto aconteceu no Jardim Copacabana, onde o comerciante, que a pedido da família não teve o nome revelado, mantém um depósito de material de construção. Dois homens chegaram armados ao local e renderam o comerciante. Ele tentou evitar que os criminosos levassem o dinheiro do caixa e empurrou um deles, sendo baleado. Os bandidos pegaram o dinheiro e fugiram.

Vizinhos ouviram o disparo e chamaram a polícia. De acordo com a Polícia Militar, o tiro foi disparado à queima-roupa e, se não tivesse encontrado um obstáculo – o maço de dinheiro – teria matado o comerciante. Ele foi internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI) e, segundo a Santa Casa, seu estado era estável na tarde deste sábado. 


Mais conteúdo sobre:
Araras assalto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.