Lula prevê problemas para quem for viajar de avião

O presidente ressaltou o trabalho do ministro da Defesa, Nelson Jobim, na tentativa de resolver os problemas

Leonencio Nossa, Agência Estado

20 de dezembro de 2007 | 13h02

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva admitiu que haverá problemas nos aeroportos neste período de final de ano. Mas tentou tranqüilizar os passageiros, afirmando que não se repetirá o caos aéreo verificado em ocasiões anteriores. "Vai ter problema, sim (neste final de ano), mas não como antes. Vai ter o problema numa dimensão menor", previu.   O presidente ressaltou o trabalho do ministro da Defesa, Nelson Jobim, na tentativa de resolver os problemas no setor de aviação civil. Evitou comentar propostas para o setor. "A abertura do mercado é decisão da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil)", disse.    O presidente fez questão de destacar a situação da malha rodoviária do País, que, segundo ele, está sendo recuperada pelo governo. Observou que, em razão do aumento do tráfego nas estradas neste período, os problemas acabam sendo mostrados em uma dimensão maior.   Disse, ainda, que pretende inaugurar em 2008 um novo trecho da Ferrovia Norte-Sul, que liga a Região Centro-Oeste ao litoral do Nordeste.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.