Lombadas eletrônicas começam a multar na Rodovia Anchieta

Trechos vão ter velocidade máxima de 50 a 60 km/h e lombadas serão instaladas no trecho de serra

05 de dezembro de 2007 | 17h27

Seis lombadas eletrônicas instaladas em trechos de serra da Rodovia Anchieta, que liga a capital paulista ao litoral, já estão multando, segundo a Ecovias, concessionária que administra o sistema Anchieta-Imigrantes. As lombadas estão localizadas nos km 41, 42, 44, 47, 50 e 53 e têm velocidade máxima entre 50 e 60 quilômetros por hora. A implantação desses dispositivos faz parte do Plano de Segurança do Trecho de Serra da Anchieta, região que concentra a maior parte das ocorrências, ou seja, 22% de todos os acidentes registrados na rodovia.  Nesses 15 quilômetros de estradas, existem 41 curvas, sendo quatro delas muito acentuadas, localizadas nos km 42, 44, 46 e 47. As lombadas irão intensificar a fiscalização de velocidade na região, realizada em conjunto com a Polícia Militar Rodoviária. Além da fiscalização eletrônica, a concessionária irá instalar faixas de retenção sonorizadora, barreiras de concreto, painéis de mensagem variável para comunicação direta com o usuário e bastões que ficam às margens da rodovia para direcionar o motorista, principalmente à noite.  Ao final da implantação de todos os dispositivos de segurança, a concessionária terá investido R$ 5,5 milhões no projeto. A expectativa da Ecovias é reduzir em 30% o número de acidentes e de mortes na rodovia, que acaba de completar 60 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
Rodovia Anchietalombada eletrônica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.