Lombadas e radares serão trocados

Todos os radares fixos, móveis e lombadas eletrônicas do Município de São Paulo serão trocados ainda neste ano. Os contratos com as empresas que prestam o serviço para a Prefeitura começam a vencer a partir de agosto e ontem a Secretaria Municipal de Transportes anunciou uma audiência pública para explicar como será o novo sistema de fiscalização do trânsito da capital.

BRUNO RIBEIRO, O Estado de S.Paulo

11 de abril de 2013 | 02h02

Os radares respondem por quase 70% das multas aplicadas na capital paulista - só os registros de rodízio e excesso de velocidade são metade das infrações. A Prefeitura disse que ainda não está definido se o total de equipamentos em operação vai aumentar. "O Termo de Referência para as novas contratações está sendo preparado, mas ainda não temos a especificação das quantidades de equipamentos que serão alocadas e nem o valor total envolvido", diz nota da secretaria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.