Lojistas da Feira da Madrugada terão selo de adequação

Certificação só será concedida se documentos e produtos do comerciante estiverem em ordem

Marcela Bourroul Gonsalves, estadão.com.br

24 de agosto de 2011 | 14h43

SÃO PAULO - Os lojistas titulares que têm pontos comerciais na Feira da Madrugada, localizada no Brás, região central de São Paulo, poderão receber o selo de adequação. Iniciativa do Gabinete de Segurança da prefeitura paulistana, o selo só será concedido se os documentos e produtos do comerciante estiverem em ordem.

Uma vez autorizada, a loja/box poderá ser reaberta a partir do próximo sábado. Em nota divulgada hoje, os órgãos municipais responsáveis pela verificação da legalidade do comércio local informaram que há demora no atendimento aos lojistas por causa de problemas em documentos apresentados, sobretudo pelos estrangeiros.

No último dia 5, o Gabinete de Segurança iniciou uma Operação de combate à pirataria, ao contrabando e à sonegação fiscal na Feira da Madrugada. Os órgãos de inteligência constataram o comércio de produtos ilegais na região. Um balanço parcial da operação, mostra que foram apreendidos mais de 1 milhão de produtos irregulares em 13 dias de fiscalização. Ao todo, aproximadamente 4,7 mil lojas/boxes foram vistoriadas.

Mais conteúdo sobre:
Feira da Madrigada

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.