Lojista dá senha para atender na 25 de Março

Falta mais de um mês para o Natal, mas na rua mais popular de São Paulo já é tempo de garantir as lembranças de fim de ano. Mais de 1 milhão de pessoas foram às compras ontem na Rua 25 de Março, no centro, de acordo com cálculo dos lojistas.

O Estado de S.Paulo

21 Novembro 2013 | 02h06

O movimento foi superior ao registrado no feriado da Proclamação da República, no dia 15, e levou parte dos comerciantes a distribuir senhas aos clientes. "Foi preciso ainda fechar as portas de tanta gente que tinha", disse o lojista Miguel Giorgi Júnior. Segundo ele, as vendas foram semelhantes às registradas nas vésperas do Dia das Mães e do Dia da Criança, duas das datas mais importantes.

Por volta do meio-dia, os pedestres tomaram o lugar dos carros na rua. A alta procura levou lojistas a esticar o horário do expediente. Boa parte do comércio só baixou as portas após as 16 horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.