Hélvio Romero/Estadão
Hélvio Romero/Estadão

Locadora sem fachada comercial fornece carros de luxo a políticos

Empresas não têm site nem placa na porta, mas mesmo assim fornecem veículos para seis dos 55 vereadores paulistanos

Adriana Ferraz, Daniel Trielli e Edison Veiga, O Estado de S. Paulo

22 Março 2014 | 20h30

Dos 11 vereadores que abdicaram do veículo oficial oferecido pela Câmara, sete deles trocaram o Fiat Linea por um Toyota Corolla e seis escolheram a mesma locadora de carros como fornecedora. São eles: Arselino Tatto, Alfredinho, Jair Tatto, Paulo Fiorilo e Vavá, todos do PT, e George Hato (PMDB). Apesar de ter nomes diferentes, a Carton Rent a Car e a Dinecar Locação de Veículos funcionam oficialmente no mesmo local, em uma casa sem identificação da Penha, na zona leste.

O Estado esteve na locadora, que não tem placa na porta nem pátio para estacionamento dos carros. Lá, foi recebido pelo dono da Carton Rent a Car, Nilton dos Santos Silva, em um pequeno escritório. Ele afirmou que não precisa de pátio porque "todos os carros de sua frota estão locados". Disse que passou a atender alguns vereadores após panfletar na Câmara. "Como minha estrutura é pequena, consigo preços mais baixos", diz. Enquanto o aluguel mensal de um Corolla sai por mais de R$ 5 mil em locadores de rede, Silva cobra de R$ 3 mil a R$ 3,8 mil.

Sobre a Dinecar, ele disse que se trata de empresa independente, apesar de admitir que ambas já funcionaram no mesmo endereço. A reportagem foi para o local informado como sede dessa locadora, também na Penha. Encontrou um imóvel residencial, fechado. Ao lado, funciona um pequeno comércio, administrado pelos pais do suposto proprietário da Dinecar. A reportagem pediu o número do telefone dele e deixou um cartão com a mãe, solicitando que ele entrasse em contato, mas não obteve retorno.

Identificação. Eduardo Tuma (PSDB) também escolheu uma empresa da zona leste para alugar um Chevrolet Cruze pelo preço mensal de R$ 3 mil. A locadora Arq Solution, na Penha, não tem site ou placa na porta. A gestora de contratos da empresa, Loretta Tuccillo, afirmou que a empresa possui cerca de 150 veículos e que não vê necessidade de identificação na fachada, já que a mesma utiliza o escritório apenas para "gestão e administração do negócio, não fazendo atendimento direto no local".

Alessandro Guedes (PT) e Ota (PROS) e os tucanos Floriano Pesaro e Mario Covas Neto completam a lista dos parlamentares que locam veículos por conta. Todos afirmam que fizeram cotações no mercado antes de efetuar as locações.

Maurício Zockun, professor de Direito Administrativo da PUC-SP, afirma que "as trocas indicam que houve conduta lesiva à moralidade administrativa, uma vez que já existe um contrato para tal serviço."

Mais conteúdo sobre:
Gastos dos vereadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.