Livros e 'cantação' em Heliópolis

Para marcar a entrega de 1,4 mil livros novos, a Fundação Carlos Chagas realiza um evento curioso às 14h30 de amanhã, na biblioteca comunitária Unas/Heliópolis, na mais populosa favela paulistana. Batizado de "cantação" de histórias, consiste na apresentação de um grupo de artistas (foto ao lado) que transforma literatura em música.

EDISON VEIGA, O Estado de S.Paulo

17 Outubro 2011 | 03h03

"Temos o grande sonho de transformar nosso bairro por meio da educação. A biblioteca é, portanto, nossa grande ferramenta", afirma Antonia Cleide Alves, presidente da União de Núcleos Associações e Sociedades de Moradores de Heliópolis e São João Clímaco (Unas), que administra o espaço. A biblioteca comunitária existe desde 2002.

"Nosso trabalho não se resume à doação dos livros", explica Mariana Reimberg, gestora de projetos socioambientais da Fundação Carlos Chagas. "Também estamos realizando oficinas de leitura e escrita e promovendo a capacitação de quem atua na biblioteca."

A fundação pretende fazer, ainda neste ano, trabalho semelhante em três outras regiões paulistanas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.